• PESQUISAR
  • quinta-feira, 7 de maio de 2015

    Nave russa de 7 toneladas cairá no final de semana

    O cargueiro russo Progress M-27M está com as horas contadas e deverá cair na Terra na noite de sexta-feira. Alguns sites não especializados afirmam que a nave já teria reentrado na atmosfera, mas essa informação não foi confirmada. 


    De acordo com o Satview.org, a nave deve se romper entre a noite de sexta-feira e madrugada de sábado, com a data centrada as 20h01 BRT (Horário de Brasília) de sexta-feira, quando o cargueiro estiver a 130 km de altitude, acima do extremo sul do continente africano.

    Os cálculos mostram que a Progress está caindo rapidamente e está agora em uma orbita elíptica de 205x165 (205 km de apogeu e 165 km de perigeu). Há dois dias a orbita era de 247x183.

    A Progress M-27M (designada pela NASA como Progress 59) pesa cerca de 7.2 toneladas e carrega 4.7 toneladas de suprimentos que deveriam ter sido entregues na Estação Espacial Internacional, ISS. A bordo do cargueiro se encontra 2375 quilos de combustível.

    Ao penetrar na atmosfera, a maior parte da massa da Progress será consumida em uma gigantesca bola composta de inúmeros fragmentos incandescentes menores. No entanto, é possível que peças maiores resistam ao calor e cheguem à superfície intactas.

    Pode cair no Brasil?


    Sim, a Progress M-27M pode cair em nosso país.


    Devido à inclinação da órbita, a Progress pode cair em qualquer região da Terra localizada entre as latitudes 51.6 graus ao norte ou sul equador. Isso exclui as regiões acima do extremo norte da Europa e Canadá, Alasca, Groenlândia, extremo sul da América do Sul e Antártica. Por outro lado, inclui a parte mais populosa do planeta.

    Confusão


    Um vídeo divulgado nesta manhã e creditado como pertencente à rede russa MASTER de telescópios robóticos mostra um pequeno objeto cruzando o campo de visão de um dos telescópios. O site que divulgou a nota afirma que o objeto é a nave Progress M-27M, que teria reentrado nesta madrugada, antes do esperado, mas isso não pode ser confirmado.

    Segundo Rogério Leite, diretor do site de acompanhamento de lixo espacial Satview.org, é pouco provável que a Progress tenha reentrado com tanta antecedência, já que a previsão era bastante estável até a última modelagem.

    "Acredito que o vídeo registrou de fato a Progress 59, mas não há evidência de que ela estivesse reentrando. O que vemos é apenas um traço cruzando o campo de visão de uma lente, que nem ao menos sabemos se é de fato da rede MASTER, mas estamos verificando".

    Acompanhe a olho nu


    Entre as 17h59 e 18h05 desta quarta-feira a nave Progress cruzará diversas cidades das regiões Centro-Oeste e Sul do Brasil e poderá ser vista a olho nu em várias cidades, incluindo a maior parte do Estado de São Paulo.

    Esta será uma das últimas passagens visíveis sobre o Brasil e poderá tirar as dúvidas se a nave reentrou ou não antes do esperado.

    Câmeras de Vigilância


    Segundo o diretor da BRAMON - Rede Brasileira de observação de Meteoros - Eduardo Plácido Santiago, o instituto está acompanhando 24 horas por dia as passagens da Progress através de mais de 30 câmeras de alta sensibilidade e se a nave cair sobre o Brasil certamente terá imagens registradas pela rede.

    Rastreando


    O Apolo11 e Satview.org estarão acompanhando a reentrada e até os momentos finais serão emitidos boletins atualizados sobre a reentrada do cargueiro.









    Fonte : Apolo11 (apolo11.com) / Aviação na Web
    Foto : Divulgação


    Curta:




    COMPARTILHE
    Nenhum comentário:
    Write comentários